Miami não é só Miami Beach!

Nosso ultimo ano novo foi em Miami. Era um destino que tínhamos conhecido somente a trabalho, em uma curta viagem, e nunca priorizávamos esta cidade. Enfim, com a alta do dólar, acabou por ficar bem mais interessante que outros destinos no exterior (ah a crise…), e lá fomos nós!

Quando pedi dicas de lá, não faltaram amigos para me ajudar e blogs que possuem várias dicas bem legais.

Tenho que confessar que foi uma grata surpresa a visita a esta cidade. A visão que eu tinha de Miami era Miami Beach, já que quando fui a trabalho, fiquei em South Beach. Fiquei hospedada no Eden Roc (o que dispensa comentários: confortável e luxuoso ao extremo), e é a região de hotéis bem caros. No entanto, é uma região muito turística, bastante badalada , muita muvuca mesmo, e particularmente não é a minha praia.

Uma amiga me deu a dica para ficar em Downtown: está do outro lado da ponte, onde estão a maioria das atrações em Miami, enfim, AMEI.

Para entender melhor os locais que visitei, numerei o mapa anexo por região:

mapa Miami

  • Hospedagem: ficamos no Miami Marriott Byscayne Bay. Fechamos tudo através do Booking  (este site é confiável, prático, as reservas ficam arquivadas no app, sempre recomendo). Como mencionei, fica em Downtown, próximo a várias atrações, e mais barato em relação aos hotéis de South Beach. Ele fica próximo a uma marina, e a vista do quarto é incrível.
  • 1. Bayfront Park: é um complexo turístico que contempla lojas, restaurantes, espaço para shows (a virada do ano foi neste lugar), marina, parque. É bastante turístico, mas é um lugar bonito. Similar ao Pier Santa Monica na California, tem que conhecer! Deste lugar, saem vários passeios de barco por Miami, e é bem legal! Vale a pena!

Colado a este complexo, fica a American Airlines Arena: indo a algum show ou jogo de basquete, existem vários meios de se chegar a este local, partindo do hotel em que ficamos hospedados:

  • caminhando (20 minutos);
  • metrorail trata-se de um trem elevado, gratuíto, que passa pela região do Bayfront Park. No ano novo, utilizamos este transporte na ida, e voltamos a pé para o hotel. Foi totalmente tranquilo e seguro;
  • carro: tem várias ilhas de estacionamento, em que você compra o ticket nas máquinas do local, ou através dos app´s: Park Mobile ou Park Me (em dias de jogos e shows, as tarifas aumentam na região)
  • 2. Winwood Walls , Design District e Midtwon Miami Shops: esta região é bem bacana e democrática, porque em ruas basicamente próximas, você encontra desde lugares hipsters , passando por lojas populares e de alto luxo.
    • Winwood Walls: adorei este lugar! No momento em que estávamos lá, algumas pessoas começaram a tocar piano e a cantar em uma das galerias, foi totalmente espontâneo, e super 10! Existem várias lojas e restaurantes pela região.
    • Design District e Midtown shops: ambos são centro de lojas, só que no primeiro concentram-se as lojas de grife e no segundo as lojas mais populares (Target, Marshalls, Ross Dress for Less, etc). Ambos possuem vários restaurantes na região, então vai e se joga!

Tem uma pracinha na região de Midtown, com algumas esculturas do Romero Brito (aliás tem por toda Miami: se você curte, vai amar!)

IMG_2499

Neste dia, acordamos muito tarde, e olhe o nosso café da manhã…sim, me julguem! (mas confesso que estava delicioso hahahahaha)

IMG_2486

  • 3. Coconut Grove: é uma região bem badaladinha e charmosa de Miami, vários restaurantes, lojinhas, parques e museus. O principal museu da região é o Vizcaya Museum and Garden: me recomendaram ir, que vale super a pena, mas infelizmente não deu tempo nesta visita. Nós visitamos o The Barnacle Historic State Park: o visual do “quintal” é maravilhoso! Vale super a pena conhecer esta região, e é bem bacana para visitar tanto de dia quanto a noite!
  • 4. Coral Gables: esta região é chique e cheia de glamour. Visitamos o Merrick Park, um shopping a céu aberto, lindo e com várias lojas legais e com preços mais elevados também. Tem vários restaurantes na região.

Nesta região, também se encontra a Venetian Pool: se trata de uma piscina pública construida em 1923, e é um ponto turistico bastante visitado. No entanto, na época em que estavamos em Miami, ela estava fechada para manutenção, e não foi possível visitá-la.

  • 5. Miami Seaquarium: nesta região, você encontra o Miami Seaquarium. Eu vou ser bastante sincera nesta dica: fui conhecer,  e eles tem um parque bastante estruturado. Mas quando vi aqueles animais presos, e vivendo num tanque, enquanto poderiam estar no mar, que é de fato o lugar da maioria, fiquei triste e me senti mal por ter gerado renda para aquele lugar (o mesmo vale para zoológicos ao redor do mundo). Desta forma, não vou postar fotos do lugar, porque não quero estimular este tipo de turismo.

 

  • 6. Miami Beach: como mencionei, para muitos que não conhecem Miami, a visão é de que só existe esta parte da cidade. Esta região com certeza é a mais conhecida e a que aparece em várias revistas e filmes. As principais regiões aqui são:
    • South Beach onde estão os melhores e mais glamourosos hotéis e night clubs, todos localizados na Collins Ave e região;
    • Lincoln Road: centro de lojas a céu aberto, com diversas marcas conhecidas, além de restaurantes. É nesta região que você também encontra a galeria do Romero Britto
    • Ocean Drive: é a avenida mais conhecida de lá. Bares, hotéis, baladas, tem de tudo lá! Tem aquela atmosfera latina e super animada. Para quem curte esta agitação, vale conhecer.

Não dei nenhuma dica de shopping/outlet aqui neste post (embora Miami tenha vários deles!), e o motivo é que nosso vôo pousou em Fort Lauderdale: alugamos o carro já no aeroporto e fomos direto para o Sawgrass Mills , que fica a 15 minutos de carro deste aeroporto. Na minha opinião, é o melhor outlet de todos: você encontra absolutamente todas as lojas, e os preços são melhores, com mais promoções e mais variedade. Mesmo comparado aos outlets de Orlando (destino seguinte da nossa viagem, e fica para um outro post), eu ainda prefiro o Sawgrass. A desvantagem dele é que é muito grande e muito cheio: se o seu perfil, não é daquele comprador desbravador,  que não gosta de percorrer uma maratona para fazer compras, opte  pelos outlets menores e seja feliz do mesmo jeito!

 

Resumo do post:

Perfil da viagem: boa gastronomia, compras, baladas, praia,  família e crianças. Miami é bem democrático e é um destino que atende a vários perfis de viajantes.

Hospedagem: Marriott Miami Biscayne Bay (situado em downtown)

Passagem Aérea: via Azul, vôo direto pousando em Fort Lauderdale (melhor tarifa)

Aluguel de Carro: Alamo via Rental Cars  (melhor tarifa, porém enfrentamos uma fila imensa para a locação no aeroporto)

Temperatura: fomos na virada do ano, e a temperatura estava alta (média de 27 graus todos os dias )

Fotos : IG do blog queroviajareagora

 

Enjoy it!

 

 

Anúncios


Categorias:Destinos, Miami

Tags:, , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

passaporte no bolso

Blogue de viagens

Cantinho da Viagem

Seguindo o mapa das nuvens e navegando um barco bem vagaroso....

spottedsp.wordpress.com/

Um guia fácil de experiências inesperadas para quem está cansado de ir sempre nos mesmos lugares em SP

planejandoaviagem.wordpress.com/

Dicas de como planejar viagens por conta própria

%d blogueiros gostam disto: